Dia da ONU: 75 anos pelo respeito aos direitos

Publicado em 23 de outubro de 2020

 2020 tem sido um ano especial, em diversos sentidos. O Pacto Global completou 20 anos de existência e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável já estão sendo debatidos há cinco anos. Daqui para frente, temos uma década para atingir as 169 metas estipuladas durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, em setembro de 2015. 

Neste 24 de outubro, comemora-se o Dia das Nações Unidas, ou Dia da ONU, celebrado desde 1948, como aniversário da entrada em vigor, em 1945, da Carta das Nações Unidas. 

O documento versa sobre o respeito aos direitos e liberdades fundamentais do indivíduo, a manutenção da paz e segurança internacional e promoção do desenvolvimento social, com melhorias nas condições de vida dos indivíduos. 

Como signatária do Pacto Global desde o primeiro ano, em 2000, a Copel reforça seu compromisso nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Combate à Corrupção. 

O exemplo mais recente foi o lançamento em abril deste ano da Política de Direitos Humanos, que reconhece a responsabilidade da Companhia na sua área de influência, priorizando as partes da cadeia produtiva cujas atividades são contratadas ou impactadas diretamente pela empresa. 

Dia da ONU 

Qualquer que seja sua função, você, seus colegas e familiares podem participar em qualquer um dos seis idiomas oficiais da ONU, compartilhando suas fotos e mensagens no LinkedIn, Facebook, Twitter, Instagram, WhatsApp e e-mail. 

As peças de comunicação sobre o Dia da ONU estão aqui (em inglês). 

ODS priorizados no SEB 

A energia está no centro da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e do Acordo de 

Paris sobre Mudança do Clima. Assegurar seu acesso universal, de forma limpa, confiável e a preço acessível tem o potencial de impulsionar o progresso de diferentes frentes tratadas nos outros Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – diminuição da pobreza, mitigação e adaptação às mudanças climáticas, segurança alimentar, saúde, cidades e comunidades sustentáveis, empregos, inovação, transporte e muito mais. 

Na primeira fase do projeto Integração dos ODS no Setor Elétrico Brasileiro, lançada em 2018 e realizada em parceria coma USP Ribeirão Preto, o setor identificou seu nível de maturidade com relação à Agenda 2030. Deste trabalho, também saiu a priorização de cinco ODS a serem trabalhados no setor: ODS 7 ODS 8, ODS 9, ODS 11 e ODS 13. 

Nesta publicação, constam os resultados da segunda fase do projeto, que identificou indicadores e propôs metas em cada um destes ODS priorizados. 

Como integrante da Rede Brasil do Pacto Global, a Copel convida todos os setores a se inspirarem e replicarem esta metodologia para a construção coletiva e cooperativa, visando o alcance da Agenda 2030.