Copel segue com obras de rede trifásica para beneficiar consumidores rurais

Publicado em 30 de abril de 2020

Paraná Trifásico, maior programa de eletrificação rural do Brasil, continua durante a pandemia do coronavírus

Rede trifásica protegida instalada na região de Maringá

O cronograma de obras de rede trifásica de energia no interior do Paraná segue de acordo com o planejamento da Copel, mesmo com o evento da pandemia do coronavírus. O programa Paraná Trifásico, lançado em outubro do ano passado, vai implantar 25 mil quilômetros de rede trifásica protegida em áreas rurais de todo o Estado, dos quais 2.500 quilômetros ainda em 2020. Somente neste ano, o investimento da Copel é de R$ 210 milhões na instalação de redes trifásicas no Paraná. 

“Este investimento vai beneficiar o agronegócio, levar ainda mais qualidade de vida ao campo e, para a Copel, vai garantir ganho de eficiência. O programa Paraná Trifásico possibilitará à Copel renovar seus ativos e prover mais segurança aos seus eletricistas e à população”, afirmou o presidente da Copel, Daniel Slaviero. 

No Oeste, apenas em uma obra de 3,9 quilômetros, já foram beneficiados 432 consumidores da região de Matelândia. No Norte e Noroeste, foram finalizados 18 quilômetros de novas redes, entre esses 5,3 quilômetros atendendo 419 propriedades rurais de Apucarana e Nova Cantu. Ponta Grossa, Carambeí e Palmeira, na região Centro-Sul, receberam 4,4 quilômetros de rede trifásica que melhoram a qualidade para 162 propriedades, em um total de 38 quilômetros já concluídos. Na região Leste, já são 18 quilômetros de redes construídas, entre os quais 9,4 quilômetros de rede trifásica beneficiando diretamente o fornecimento de energia para 473 proprietários de Rio Branco do Sul e Itaperuçu. 

Quando finalizado, em 2025, o programa terá investido R$ 2,1 bilhões em todo o Paraná – o maior volume de recursos da história da Copel na área de distribuição de energia. 

“A rede trifásica nas áreas rurais do Paraná é um marco fundamental na distribuição de energia no Estado, pois vai substituir ativos da empresa que fizeram parte do plano de eletrificação do Paraná nos anos 1980 e agora precisam ser modernizados. O perfil do consumidor rural mudou nesse tempo e a Copel está sendo novamente pioneira com essa instalação massiva”, destaca o diretor da Copel Distribuição, Maximiliano Orfali. 

Paraná Trifásico 

O programa Paraná Trifásico faz parte do planejamento da Copel para renovar ativos e melhorar a qualidade de fornecimento de energia na área rural. É o maior programa da história da Copel Distribuição. 

A nova rede possui redundância de fornecimento e cabos protegidos que evitam interrupções por quedas de galhos ou outros objetos e intempéries. A meta do Paraná Trifásico é reduzir em pelo menos 30% o tempo de queda de energia, em conjunto com outros projetos que levarão equipamentos inteligentes às redes de energia. 

A qualidade do fornecimento será sentida especialmente por consumidores que dependem de energia elétrica intensiva, como produtores de laticínios, suínos, aves, fumo e peixe. O reforço nas redes também será importante para a irrigação das lavouras e abastecimento de água pelos poços artesianos. Consequentemente, todos os moradores das áreas rurais saem ganhando com a melhor qualidade de distribuição de energia.